Metrô de Moscou - Um Palácio Subterrâneo

Estação Kievskaya
Inaugurada em 1935, em plena era estalinista, e tendo em mente o metrô londrino, o metrô de Moscou (também conhecida como Moscovo) impressiona com sua monumental estrutura, esbanjando beleza e admiração entre todos os usuários e turistas. Moscou era a antiga capital da extinta U.R.S.S. e tem cerca de 188 estações, mais de 313 km de comprimento e com uma profundidade que chega aos 84 metros em algumas estações e é o terceiro metrô mais utilizado, só perdendo para Tóquio e Seul.
Estação Slavyanskiy Bulvar

Estação Kievskaja

Estação Novokuznetskaya

Estação Kievskaya

Os primeiros planos de construção de uma rede metropolitana remontam, na prática, ao período pós-I Guerra Mundial, pós-Revolução Russa e pós-Guerra Civil e os primeiros estudos datam dos anos 20 do século passado até ao início dos anos 30.
É fácil de perceber o que as imagens e as estruturas das estações de metrô querem passar. Elas refletem bem o ideal de Josef Stalin, líder da União Soviética, temas socialistas com demonstrações de grandeza, do culto do chefe e da força a partir da desejável (sempre desejável) unidade política e cultural do país. Além de transportar a população, o metrô também pretendia passar para as próximas gerações esses ideais, para que jamais morresse.
fonte: internet 

Tags:

0 Responses to “Metrô de Moscou - Um Palácio Subterrâneo”

Postar um comentário

Subscribe

Donec sed odio dui. Duis mollis, est non commodo luctus, nisi erat porttitor ligula, eget lacinia odio. Duis mollis

© 2013 TEMPLATE ERROR: LHS of numeric is null before 23 in http://www.mp3lanka.com. All rights reserved.
Designed by SpicyTricks